Saga Cronológica Darksider parte 4

Em Darksiders após a morte do cavaleiro “guerra” a situação da humanidade só pioro, a maioria dos humanos fora (mortos). A história ganha um novo rumo para os que sobreviveram, sim poucos humanos após o incidente sobreviveram pela proteção de Utane, um Make, esse momento se passa em darksiders 3 um pouco depois de Morte está ausente da presença do conselho, a história de darksiders começa se desenrolar cada vez mais e várias surpresas aguardam aqueles que buscam a verdade.

Durante o apocalipse antecipado que estava acontecendo, Morte e Strife estavam ausente da presença do conselho, o irmão mais velho e líder dos cavaleiros, ficou sabendo das acusações contra seu irmão e decidiu procura uma maneira de limpa os crimes do qual ele foi acusado perante o conselho. Enquanto Strife até o momento não se sabia onde ele estava, porem sabemos que ele não iria ficar parado diante dessa conspiração contra seu irmão mais novo, mas foquemos agora no líder dos cavaleiros e irmão mais velho.

CROWFATHER

Guerra está no abismo sendo torturado, pelo menos até sua ressureição daqui a alguns anos, em quanto isso morte decide ir até o pai dos corvos (crowfather) para encontra uma forma de ajudar seu irmão, durante a guerra contra os Nefilins morte e seus irmãos eliminaram sua raça, porém suas almas foram coletadas para um cristal que hoje encontra-se nas mãos do pai dos corvos, ele aceitou guarda-lo em troca de estuda-lo e saber mais sobre os segredos daquela raça violenta, no entanto, a exposição ao cristal influenciaram a mente do Crowfather, fazendo com que ele enlouquecesse, durante muito tempo a influência dos Nefilins corrompeu sua sanidade fazendo ele ver todos o seu redor como ameaça. Inclusive o próprio Morte teve que lidar com essa situação.

A preocupação de Morte com seu irmão a obriga ir até o pai dos corvos, em busca de orientações de como ele poderia ajuda-lo e trazer a humanidade de volta a vida, como você sabe, o Papi dos corvos não estava de bom humor e nem de modo a conversa, o ancião acusa o cavaleiro pela sua insanidade em que ele se encontrava, por outro lado, morte ao se sentir ameaçado apelo para a razão do ancião, porém em resposta acabou travando uma batalha contra o cavaleiro, ele não teve sucesso com essa tamanha tolice. Contudo, algo surpreendente acontece com o colar dado ao pai dos corvos pelo cavaleiro, quando ele foi derrotado pedaços dos cristais se grudaram em seu peito, e em seguida ele acaba desmaiando.

Uma coisa interessante de se notar é que o pai dos corvos possui um conhecimento absurdo sobre todas as coisas, conhecimento esse que nos revela ou coloca uma pulga atrás da orelha sobre a verdade do conselho e suas ações, evidentemente ele sabia disso, a única resposta que poderia estar ao alcance do cavaleiro era algo sobre a árvore-da-vida.

maker

Como bem sabemos, ou talvez você não saiba, aqui no universo Darksiders os mundos são categorizados como reinos, até mesmo algumas dimensões, o cavaleiro após ter sentado à porrada no velhote, acordou no reino dos Makers, esses, carinhas são muito mais antigos que o conselho das chamas, ou as três cabeças por onde sai aquele vozeirão.

De fato, a situação naquele reino piorava cada vez mais, um dos criadores comentou que sua terra e outros reinos, estavam arruinados, ou melhor dizendo sendo consumido por uma força maligna. (Se liga nessa palavrinha porque vocês vão se lembra de algo do Darksiders Genesis) Esse mau estava devastando e corrompendo as criaturas nesse reino, e logo, logo isso teria um impacto ainda muito mais grave do que você possa imaginar. É provável que você que conheceu a história em darksiders gênesis já se deu conta do que o Maker está se referindo.

Lembra do que aconteceu com as águas do éden? Então, elas foram profanada e muitas criaturas foram corrompidas, esse mau se espalhou de tal maneira que corrompeu os humanos que estavam seguros no terceiro reino, todo esse mau foi chamado de CORRUPÇAO, apesar do que você pensava ela se espalhou não só aos humanos como também as criaturas de outros reinos e seres poderosos, é claro que a forma que corrompeu a humanidade no terceiro reino veio através do animus, e não diretamente dessa corrupção aqui.

arvore

Um dos primeiros passos para que a situação de “Guerra” fosse resolvida era encontra a árvore-da-vida, segundo o pai dos corvos e o Maker, ela era a única saída para o cavaleiro resolver essa merda toda, mas até a própria árvore avia sido infectada pela corrupção e logo, logo morreria se o cavaleiro não se apressasse.

Um dos maker que se chama Thane, não estou falando de Utane ok, explicou a situação que o cavaleiro já estava ciente pelo ancião, parece que ele desejava sua morte em uma batalha e meio que o cavaleiro poderia satisfazer sua vontade.

A situação aqui é seguinte, a corrupção alcançou esse reino e o número dos Makaer vem sendo diminuindo cada vez mais, no entanto, se a forja ou o fogo que é utilizado for restaurado o caminho para a árvore estará acessível, segundo Aila um colosso foi a última construção deles antes da corrupção invadir seu reino, se o cavaleiro conseguir essa façanha, sua jornada terá mais êxito.

A chegada de Morte aqui era prevista segundos os anciões dessa raça, e como toda profecia sempre tem um porque, a situação é a seguinte, como já foi explicada o cavaleiro deveria fazer algo em relação à forja, ou melhor dizendo a montanha do fogo para que seu caminho pudesse está livre até a árvore-da-vida.

Com a passagem bloqueada e sem meios para conseguir adentra, o cavaleiro segue outro caminho, Vulgrim aparece também aqui e até mesmo saúda o cavaleiro, e você sabe muito bem que esse, carinha aí está sempre, sempre atrás de algo. Bom existe um livro dos mortos que estão espalhados por esse mundo e naturalmente Vulgrim tem bastante interesse, em troca desse suposto favor ele concederia ao cavaleiro vantagens que o ajudaria em sua jornada.

fogo

Para os maker o fogo da montanha é um recurso inestimável para que eles pudessem forja tudo, mas não apenas o fogo como também as lagrima da montanha, sem ambas nada seria possível, é como se fosse um equilíbrio que mantem tudo no seu devido lugar.

Os Maker como construtores haviam construído um guardião que pudesse lutar contra a terrível corrupção, mas infelizmente as coisas não deram certo como devia, para que eles possam ganhar vida uma chave deve ser infundida em sua criação, dessa forma a alma penetra em algo construído e dando-lhe a vida, porém os construtores acreditam que sua criação pode estar corrompida o que poderia ser uma catástrofe.

Existem várias construções feita por eles que não foram possuídas pela corrupção, dessa forma a esperança do cavaleiro e dos Maker não avia acabado.

As chaves servem para abri o caminho para que uma construção ganhe a vida, como o próprio ancião explicou, as criações só tem vida após a chave liberta a passagem para que eles ganhem uma alma(vida), ao contrário dos Maker e outras criaturas como o cavaleiro que já possui essa alma, eles precisam ganhar uma e é aí que a chave entra.

As construções são feitas aparentemente de pedras animado pela força vital de um construtor, a maioria possui uma pequena fração de Vida (alma), porém o suficiente para lhe dá um proposito, a algumas exceções entre eles, parece que em algumas construções criada por eles pode haver a essência de um construtor, como suas memórias e emoções, uma pequena história relembrada parcialmente.

Os construtores pelo que parece, foram chamados para guerra dos fins dos dias, quando os selos foram quebrados, porém, não os cavaleiros, e isso era uma curiosidade que o cavaleiro morte deve ter ficado muito intrigado com isso, mas sobrou um único construtor no qual o cavaleiro deveria trazer a vida.

É nesse ponto da história de Darksiders que Morte fica sabendo com mais exatidão que os selos foram quebrados e que seu irmão (Guerra) não era culpado pelo que aconteceu, mas ficava sempre a dúvida, porque somente ele foi invocado e não os outros?

Valus é um construtor que fica calado, mas o motivo é que ele perdeu um grande amigo, e não ‘RISOS’ não é um amigo aparentemente vivo e sim, o seu martelo ou sua arma, parece que durante uma expedição aconteceu algo e eles se separam, é uma coisa chamada sentimentalismo, você já deve ter perdido algo que gostava muito, imagina se conseguisse recuperar? Seria o máximo não?

Contudo, segundo Alya, foi devido a Karn que tudo deu errado, não é à-toa que o chamam de filhote ou coisa assim, o garoto que mostra o seu valor e achar seu lugar entre os construtores.

Entre os Maker havia um juramento a ser pago, Thane tinha uma dívida para com Bheithir, Achidna, Sangravore e Argul, eles eram reconhecidos como ceifadores e Morte foi incumbido de matá-los para ser reconhecido por Thane.

Bheithir era amigo dos Maker antes da corrupção, segundo o construtor ele é apenas um monstro de fogo e fumaça que vive no subterrâneo e de lá só sai para comer, antes disso eles caçavam as feras deste reino.

Sangravore está ligado a floresta e tudo que acontece nesse habitar também o afeta, apesar de ter sido amigos dos Maker hoje ele não o é mais, infelizmente ele deveria ser abatido ou precisamente morto, pois a corrupção já o havia possuído.

Achidna é conhecida até mesmo por morte, e não o compreende porque ela deveria morrer, ela vive no reino das sombras, o motivo de Thane não a matá-la pessoalmente é porque o seu reino se encontra em caos, os lordes Aracnideos aparentemente banharam o seu trono em sangue, ela é muito antes dos cavaleiros, ou seja, a raça dos Nefilins existirem, por alguma razão ela havia feito Thane prometer que a mataria se algo desse tipo acontecesse, mas ele não conseguiu cumprir a promessa, pois ela simplesmente desapareceu.

Argul Segundo Thane esse é o que mais precisava ser abatido, pois, havia enlouquecido, infelizmente antes de o construtor o fazer, o senhor dos ossos ou o atual senhor dos ossos acabou derrotando o Rei Louco, porém Thane não acredita que ele morreu e sim que está vivo.

Os maker possui uma habilidade fantástica de dá a vida a objetos inanimados, são conhecidos como constructos, existem várias categorias de construção feita por esses artesões, alguns, chamado de guardiões outros protetores, os guardiões se dividem em vários tamanhos, porém alguns possui mais que simplesmente a vida, esse são dotados de sentimentos e memorias de seu criador, eles também podem falar e expressar suas opiniões.

Quanto aos protetores eles são colossais, segundo o ancião eles foram construídos para destruir a corrupção e até mesmo seria capaz de dá a própria vida para destruí-la, um desses caso foi quando esse guardião destruiu a corrupção que impedia de morte chegar até a árvore-da-vida.

Morte pensava que a árvore-da-vida era seu destino e que ali ele encontraria a solução para salva a humanidade e seu irmão, porém não exatamente, segundo o negociador a árvore-da-vida é apenas um portal que o leva para outro destino, ou seja, ela leva para diferentes dimensões, apesar disso parece que o cavaleiro descobriu como ele pode finalmente salvar seu irmão, o negociador comenta ser possível se ele chegar até o poço das almas.

Enquanto a Absalon o que ele estava fazendo aqui? Bom naturalmente ele morreu com os Nefilins na guerra anterior, em quanto morriam suas vidas estavam sendo coletado para dentro do cristal verde que o cavaleiro morte possuía. Parece que Absalon foi uma exceção, pois durante sua batalha ele morreu e foi consumido pela corrupção, apesar que o ancião dos corvos fala que ali nasceu a corrupção.

Garganta da serpente:

A corrupção estava até mesmo infiltrada no reino dos mortos, mesmo o cavaleiro sabendo que o poço das almas era sua oportunidade de conseguir liberta seu irmão, ele precisaria conseguir uma audiência com o rei dos ossos, para isso o cavaleiro teve que enfrentar alguns desafios que poucos acreditavam que ele conseguiria, ele enfrentou o campeão da arena e após isso pode fala com o rei, precisou encontra os 3 lordes que trabalham para ele, e posso garantir que a jornada não foi difícil afinal estamos falando do (Morte) um guerreiro implacável.

Cada Lorde tinha suas funções neste reino, a principal era jugar cada um deles antes de serem liberado para o poço, o problema é que eles fugiram de seu dever, e por causa disso foram aniquilados, ainda assim o cavaleiro foi recompensado.

Na cidade dos mortos o cavaleiro descobre que, para chegar ao poço ele precisa das duas chaves que dá (acesso) ao poço, uma se encontrava nas mãos dos anjos e a outra nas mãos dos demônios, segundo o ancião o cavaleiro deve estar disposto a sacrificar o que for necessário, e Absalon o aguardava, pois, dele provem essa corrupção que se alastra para destruir o equilíbrio. Apesar de Morte não quere destruí-lo novamente, Absalon não tem a mesma opinião, talvez você esteja se perguntando porque o ancião estava ali e disposto a ajudar o cavaleiro, porém você deve lembrar que ele estava sendo atormentado pelas vozes dos Nefilins, agora está ele calminho, calminho, até mesmo fez uma piada com o cavaleiro.

O ancião explica que apesar da fera que atormentava esse lugar ter sido destruída, não era o suficiente para restaura a humanidade, um tempo atrás isso seria o suficiente, mas algo estava sugando esse poder impedindo o renascimento, e a única maneira de restaura isso, era sacrificando algo muito importante para a Morte, sua família, os Nefilins, eles eram a chave para conserta tudo e acabar com isso, ou seja, devolver o poder do poço das almas, dessa forma a humanidade seria restaurada.

Na árvore. Morte fica sabendo que o poço tem poder até mesmo de trazer os Nefilins de volta a vida, esse foi o motivo deles, me refiro aos 4 cavaleiros não saberem desse segredo, afinal de conta se os Nefilins soubesse dessa fonte, as coisas seriam catastróficas, uma das revelações mais surpreendente é que essa raça acabou criando o caos e gerando essa corrupção, onde Absalon se tornou o catalisador dessa maldição.

Até mesmo alguns anjos poderiam usar essa chave para seus fins próprios, por isso que ela foi guardada no lugar chamado Luz Perdida, um local que fica muito além dos portões do paraíso.

O pináculo é o local onde a primeira chave está guardada, mas Arconte o protetor dela, não daria assim tão fácil para o cavaleiro, Nathaniel explica que Arconte é a pessoa que o cavaleiro procura, quando os dois se encontra ele explica e diz que, para que a chave seja entregue o cajado de Arafel precisa ser restaurado, com ele a escuridão poderia ser eliminada daquele lugar, só assim ele daria a chave.

Lembram da guarda celestial? Uriel é  a nova líder  e ainda se encontra na terra lutando contras os monstros que aqui reside, apesar do que você pense, durante o processo de restauração do cajado, o cavaleiro descobre que alguns humanos sobrevivera em meio a essa guerra, e mais tarde ele encontra um sobrevivente que após confirma seu arrependimento, decide morre pelas mãos do cavaleiro, como compensação pela traição aos humano, apesar de ser enganado por Beliao, mas espera ai! Ele não havia morrido no passado? Supresso? Nós também, não aparentemente ele não foi morto e sim punido pelo que aparece, pois aqui está a prova, lembre-se que que esse evento se passa muitos anos depois de Darksiders genesis.

Mas dessa vez o cavaleiro Morte, garantiu que ele fosse morto de uma vez por toda, sem misericórdia.

A situação aqui é a seguinte, esse local como bem sabemos, é um posto avançado que guarda a chave da árvore-da-vida, aqui a luz prevalecia e a cidade não foi consumida pela corrupção, mas como assim? Segundo Arconte, devido a um anjo de mente fraca, a corrupção adentro na cidade e em meio a isso ela se espalhou a todos, poucos sobreviveram, no entanto, Arconte afirma que ele é a Luz desse local e guardião da chave, o escriba, por outro lado, tem um conhecimento avassalador, a luta contra ele revela mais do que um simples segredo, e sim o nome do verdadeiro culpado, o nome do anjo que foi fraco a ponto de permite a corrupção invadir esse local, acredite! Era o próprio Arconte.

O que mais chamou a atenção do cavaleiro foi essa revelação surpreendente, que Arconte, havia se deixado ser manipulado ou possuído pela corrupção e mesmo assim, se declarava iluminado, justo, ele matou os outros e fugiu para o pináculo, segundo o escriba Jamaehra ele que causou toda essa infecção aos outros, apenas estava fingindo ser justo para que Morte matasse o escriba.

A história dele é a seguinte, a chave deveria ser destruída a mando possivelmente de Abadon, mas ele não pode fazer isso e como foi falado pelo escriba, ele matou os outros, a corrupção embora não fosse visível a todos, ela se infiltro no coração dele e o manipulou, apesar de sua tentativa de lutar contra o cavaleiro ele foi morto caindo assim no vazio.

Se você assistiu a 2 saga de Darksiders verá que aqui é um local bem conhecido, lembra muito a parte em que Guerra e Strife vieram para deter os lordes, a corrupção estava destruindo tudo pouco a pouco, e isso logo se espalharia para os outros reinos.

Para conseguir a chave, morte encontra sua mãe, sim, Lilith, que aposto na culpa e no remoço que o cavaleiro carregava por matar seus irmãos, com a sua ajuda ele consegue retorna ao passado um pouco antes do local ser consumido pela corrupção, desafiado por ninguém menos que Samael, morte consegue obter a chave e depois disso ele desaparece.

Finalmente o cavaleiro encontra seu antigo inimigo e irmão Absalon consumido totalmente pela corrupção, após ser derrotado novamente e ignorado pelo seu irmão, morte a deixa morre de uma vez e segue para o poço das almas, sem saber o que fazer, o ancião dos corvos o orienta, o cavaleiro então decide fazer o sacrifício final, provavelmente não quis jogar os restos que estavam em seu corpo, mas seguiu o mesmo destino que a sua raça, a morte e restaurando assim humanos de uma vez.

Morte estará morto por um tempo e mais uma vez o cavaleiro estará ausente, no entanto, em simultâneo, ou um pouco depois, sua irmã fúria é chamada para uma missão na terra, caça e derrotar os 7 pecados capitais, nesse mesmo momento, guerra já está presente ao conselho, porem acorrentado e acusado de traição, ainda sim, ele exclama a sua irmã que é inocente e que a algo está errado.

Continua na parte 5 da serie.

Obs. caso encontre erros de escrita, por favor nos informe, sua ajuda é muita apreciada.👍

menkay

Estudou na instituição Leonardo Da Vince, cursou Tecnólogo de Segurança do trabalho, fez Design no CETEB, Amante de literatura e Criador do canal do Menkay, sua paixão é produzi conteúdo para youtube de games.

http://www.menkay.com.br