A HISTÓRIA DE DARKSIDERS FINAL

Darksiders finalmente chegamos a um ponto na história final em que tudo será revelado. Cem anos se passaram após a derrota do cavaleiro por STRAGA, o que o cavaleiro guerra e você vai descobri agora nesse artigo?

A história chega a um ponto em que tudo será revelado em darksiders. Pelo menos quase tudo. No entanto, com respeito ao cavaleiro WAR, saberemos exatamente a causa de tudo isso, e melhor, tudo como ele descobriu.

De acordo com a história de darksiders, cem anos depois o nosso infeliz acusado cavaleiro. Ressurge para descobrir o culpado pela tragédia que, ocorreu na terra e inocentar a si mesmo. Diante do conselho das chamas, o grande vilão talvez o maior vilão de toda a história desse universo. Estaria comissionado a encontra o culpado, consequentemente inocentando a si mesmo.

Por traz daquela imponência de autoridade, havia um obscuro e tenebroso traidor que instigava ao cavaleiro uma resolução do grande problema. Contudo para não deixar suspeita e demostra sua grande autoridade sobre ele, uma outra entidade que todos nós já conhecemos bem o acompanharia. Para ser mais preciso, essa entidade pertencia a raça dos VIGIAS. Que seguia as ordens do conselho espionando e relatando tudo para seus mestres. Eles seriam os olhos e as mãos punitiva caso o cavaleiro saísse da linha, ou melhor dizendo descobrisse algo que não devia.

O RETORNO AO REINO DA TERRA

A chegada de War no reino da terra, não demostra nada além do que sua missão representa, descobrir o culpado. Os humanos já não existem mais e o reino da terra sucumbi-o com a grande vitória dos demônios.

Cem anos se passaram em Darksiders após a derrota do cavaleiro por STRAGA, seu desejo de acerta as contas com ele não seria deixada de lado. War encontra VULGRIM que o informa para onde sua jornada o levaria. A torre é a fonte do poder do DESTRUIDOR, e lá estaria alguém que o cavaleiro teria seu acerto de contas.

No entanto antes de sua vingança, ele encontra Samael aprisionado aparentemente pelo destruidor. Irónico não? sendo o mais poderoso depois do príncipe das sombras, lá estava o imponente demônio acorrentado e fraco diante de War. Mas a ajuda dele era indispensável para conseguir entra na torre, entretanto o cavaleiro precisaria presta-lhe um favor para ser recompensado.

OS ESCOLHIDOS

Samael foi derrotado pelo destruidor e de alguma forma seus poderes foram selados ou retirados. Um dos seus irmãos Fúria ou Morte ouviu falar dos escolhidos por auto e demostrou um interesse leviano sobre eles. Cada escolhido possuía um aparte dos poderes de Samael, o papel deles era nada mais, nada menos que, impedir que ele restaurasse sua força. Cada escolhido precisava ser derrotado, porém curiosamente dentre todos eles o único que tentou barganhar com os cavaleiros foi TIAMATE E SINTILIANTE. E não, não é o tiamate da caverna do dragão. A parentemente todos os escolhidos foram encarregados de proteger partes do poder de Samael. Significando que, caso ele viesse a recupera todas suas forças as coisas não iriam fica bem para o destruidor.

A força de [guerra] é absurdamente poderosa, mas o vigia por ordem do conselho a mantem sobre controle, [Samael] sabe disso e alerta ao cavaleiro que sua força está sendo sufocada, e até mesmo incita a matar o vigia hehehe, eu mataria aquela cobra traiçoeira.

ULTHANE

A um tempo atrás antes de [guerra] retorna para o reino da terra, sua irmã Fúria havia pedido ao ancião que ajudasse seu irmão quando possível, apesar de fazer tanto tempo ele não esqueceu, pode até parecer que ele não sabia de nada, mas ele lembrava quem era o cavaleiro a sua frente.

Incrivelmente não vemos mais nenhum Maker aqui no terceiro reino apenas Ulthane, provavelmente morreram décadas atrás na luta contra a horda do destruidor que tentava dizimar o restante da humanidade que sobreviveu, sim uma pequena quantidade de humanos sobreviveu, porém o [guerra] não sabe disso.

O encontro dos dois não era um mero acaso, é bem provável que Ulthane já esperava isso a muito tempo. O ancião desafiou o cavaleiro para uma luta que acabou sendo interrompida pela antiga guarda celestial de Abbadon. Isso acabou se tornando uma competição entre os dois gigante para saber quem matava mais.

As coisas não saíram bem para Uriel que não sabia a verdade sobre o [guerra], mesmo assim ela toma um case-te bonito, ela só desejava vingança pela morte de seu líder, na cabeça dela o culpado por tudo isso era o cavaleiro [guerra].

Talvez Ulthane havia percebido que o cavaleiro não estava totalmente recuperado dos eventos anteriores, a final, ele havia prometido a Fúria que ajudaria. Sem falar que Ulthane esteve envolvido nos assuntos que causou todos esses desastres no reino da terra. Quando o cavaleiro o indaga sobre o que ele fazia ali no reino da terra. Ele simplesmente foge do assunto ao lembrar da merda que fez, mas cumpre o que prometeu a Fúria.

Uriel

Mas porque Uriel insiste tanto em confrontar o cavaleiro Guerra. Se mesmo nesse estado ele ainda era mais forte que ela, diga-se de passagem, ela não girava bem da cabeça. Daqui em diante ela sempre vai aparecer em alguns pontos da jornada do cavaleiro. Até porque, ela acredita cegamente que a morte de seu líder Abadom foi causada pela intromissão de War. E isso a faz pensar que a culpa é toda dele, levando-a a querer se vingar.


A ANTIGA MONTARIA

Todo cavaleiro precisa de sua honrosa montaria, certo? E onde estaria o corcel do cavaleiro? naturalmente ele poderia ser invocado por [guerra], mas os séculos podem ter enfraquecido a conexão com seu amigo, no reino dos vermes nosso cavaleiro é apresentado a sua antiga montaria, porém ele ao ver War, ou ele não o reconheceu ou estava sobre algum controle, ou talvez ele foi domado para uso dos demônios.

Mesmo assim a ligação foi quebrada e reatada novamente entre ambos. Como é de se espera toda montaria dos cavaleiros reflete as suas características. Exemplo o fogo que representava a guerra, mas a fúria é bem semelhante nesse aspecto, no entanto, possui uma cor diferente. Lembre-se que o cavaleiro Death quando invocava a sua montaria, ele refletia a sua imagem, em fim cada um seguia o elo de seus cavaleiros.

A ULTIMA ESCOLHIDA

Ninguém é confiável nessa altura do campeonato. A final, todos tem seus segredos, suas ambições e desejos, e pode ter certeza que Samael não difere da situação. Apenas não foi revelado pôr em quanto. Uma coisa é certa! Ele quer se vingar de quem o aprisionou, por esse motivo os escolhidos retinham o poder dele. Para que dessa forma ele jamais conseguisse sua vingança.

Finalmente ambos conseguem o que querem, Samael recupera seus poderes e o cavaleiro o acesso à torre onde possivelmente ele descobrira outras verdades. Contudo não completamente, quanto a Samael não o vemos mais, talvez em um possível momento em que os cavaleiros serão reunidos novamente, para quê? Só o tempo dirá.

OUTRAS VERDADE

A torre parece impenetrável ao que parece, sua construção denota que um grande poder a fez. No entanto, o cavaleiro consegue o acesso com a ajuda de Samael que, logo depois desapareceu afirmando que eles se encontrariam novamente.

Lá dentro impossibilitado de fugir, estava o arcanjo Azarel o mesmo que com Abadom e Ulthane criaram o plano de destruir o exército de demônios. Contudo o tiro saio pela culatra. A parti desse ponto o cavaleiro fica sabendo dos planos que incitaram essa guerra prematura. Ele também descobre sobre o destruidor, a espada do armagedon e sobre como os selos foram quebrados, no entanto apenas o sétimo foi mantido intacto.

O plano de Abadom consistia em atrair o exército de demônios para uma armadilha e destruir a todos, porém ele foi enganado. A ideia era fazer o conselho das chamas pensar que os demônios quebraram o acordo. E que eles estavam defendendo o reino da terra contra a invasão. Dessa forma eles não seriam jugados culpados ao invés disso, seriam elogiados. A essa altura da situação, estava mais que evidente que o cavaleiro da guerra não era e nunca foi o culpado. Mesmo com essa a firmação do anjo, ainda era preciso punir o culpado, o destruidor.

Finalmente Straga é derrotado e o cavaleiro respira o ar da vingança. No entanto, foi preciso à ajuda do anjo para que eles pudessem sair da torre que estava desmoronando.

O ÉDEN

Talvez para o oreia seca do vigia, aquele lugar era impossível existi pelo fato que o éden segundo os relatos da antiga guerra, foi destruído. Contudo Azarel manteve em segredo o que restou do primeiro habitar dos humanos. Ou melhor dizendo o primeiro reino da humanidade, antes dos nefilins decidirem tomar para si.

O anjo termina de explicar ao cavaleiro os detalhes de como foi traçado o plano para destruir os demônios sem comprometer os cavaleiros. Uma outra coisa foi dita a ele que antes de iniciar essa guerra. Abadom consultou a arvore da vida, ela tem o poder de conceder visões do futuro, revelando assim a cada um seu destino.

Após uma boa conversa com Azarel. “bom não sei se podemos dizer que foi uma boa conversa” já que o cavaleiro vem sofrendo com a culpa do que não fez. Eu me refiro do armagedon precoce em Darksiders um. Em fim o cavaleiro descobre o que precisa fazer, uma delas é reforja a lâmina que destruiu os selos. Quanto ao que ele descobriu na arvore, ele não relatou tudo, mas guardou parte da visão para o final.

A LÂMINA DO ARMAGEDON

Ulthane é solicitado para conserta o que foi destruído, caso você não se lembre, a sequência dessa história está depois dos eventos de Darksiders gênesis. Nesse ponto da trama os três decidiram ir adiante para pôr um fim nessa guerra, o que nos leva aos eventos de Darksiders um.

Finalmente a lâmina é refeita e o cavaleiro parte para encontra o destruidor, a essa altura nosso cavaleiro sabem quem ele é.

O DESTRUIDOR E A REVELAÇÃO

Sim o destruidor é nada mais, que nada menos que Abadom, ele aceitou a proposta de Lilith no submundo e retornou a terra para subjuga-lo. Traio seus companheiros e perdeu a aprovação da pessoa que mais o admirava.

A luta entre eles decide de uma vez que o cavaleiro [Guerra] não era o culpado perante os anjos, mas também ocultavam algo sombrio e arquitetado pelo conselho das chamas, a morte dos cavaleiros e não somente um.

Guerra vence seu inimigo, mas é traído pelos seus líderes. O próprio vigia sabia disso e tentou mata-lo a mando do conselho, que desde a saga Darksiders 3 desejava extermina os quatro. Death estava morto e Fúria desaparecida e Strife provavelmente poderia estar morto após os eventos que serão revelados em Darksiders 4.

Mais uma vez os planos do conselho deram errado. Quando Uriel cumpre o voto da luta entre ela e War, a visão do cavaleiro é cumprida com sua ressureição. Tudo isso acontece logo depois que o setimo selo é destruido que estava nas mãos do Vigia. Dessa forma independente de quem estivesse morto, seria trazido de volta. Assim os quatro se reúne novamente para uma batalha épica que está por vim.

CONCLUSÃO

Será que veremos a luta definitiva com os quatro em um novo Darksiders? Já que no final de Darksider a cena mostra os três chegando na terra, e pode aposta que isso vai virar um verdadeiro massacre. Como o Guerra disse ele não estaria só.

História em vídeo
Menkay

Estudou na instituição Leonardo Da Vince, cursou Tecnólogo de Segurança do trabalho, fez Design no CETEB, Amante de literatura e Criador do canal do Menkay, sua paixão é produzi conteúdo para youtube de games.

https://www.menkay.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *